sexta-feira, 11 de maio de 2012

Um vulto em meu quarto.

Nesta tarde, estive dormindo, estava bastante cansado, e peguei rápido no sono... Não sei quanto tempo depois de estar dormindo eu comecei a sonhar, não me lembro o que eu estava sonhando, porém acabei ficando lúcido no sonho, aí tentei entrar em E.V., e acabei voltando ao corpo, mas não acordei, um breve E.V se instalou e eu aproveitei para tentar sair lúcidamente, não estava tão dificil pois senti bastante facilidade, e comecei a me levantar para fora de meu corpo físico, pude sentir todos os laços energeticos que predem meu corpo astral em meu corpo físico, senti eles puxado meu corpo astral ao meu corpo físico, mas eu estava bem lúcido e ''forte'', e senti que sairía com bastante facilidade. A sensação de sentir tais laços energéticos foi mais ou menos como ter vários adesivos sendo desgrudados da pele, mais ou menos isso.
Eu tinha certeza que seria uma ótima projeção, pois meu nível de lucidez era bem alto, mas logo que comecei a sair eu ví um vulto, era um vulto, que me pareceu vestido de azul, ele estava de pé, atrás de minha cabeça, quando eu o ví fiquei bastante assustado, também escutei vozes, e parece me que ouvi alguem rezando o Pai Nosso, não sei se essa reza estava sendo feita no astral ou se eram coisas do físico que eu estava ouvindo, pois a TV estava ligado na sala, e de meu quarto eu podia ouvi-la. Confesso que o medo foi o bastante para me fazer desistir da experiência, resolvi abortar o processo, o que foi facil, pois simplesmente pensei em meu corpo físico, e pensei fortemente em abrir os olhos no físico... Acordei no mesmo instante, mas logo me arrependi, pois como eu pude deixar o medo tomar conta de mim? . Nada me aconteceria, pois qualquer coisa eu voltaria para meu corpo físico em segurança, fiquei decepcionado comigo mesmo, logo eu que sempre falo que no astral nada devemos temer. Bem, bastou me conformar, e da próxima vez tentar encarar o que aparecer.
Fiquei curioso quanto ao vulto que ví, pois geralmente espíritos bons não nos causam medo no astral, pelo contrário, ajudam nos a nos controlar.
Foi uma das primeiras experiências onde eu começo a sair diretamente do corpo, na maioria das vezes eu adquiri lucidez dentro do sonho e não me senti saindo do corpo. A sensação foi ótima, e bastante reveladora, pois cada vez fico com mais certeza de que há um mundo gigantesco inexplorado, logo atrás do que os nossos olhos físicos podem ver.

6 comentários:

Anônimo disse...

Muito interessante gostei da sua experiencia!

! Projeção Astral e Sonhos ! disse...

Obrigado amigo.

Anônimo disse...

tive uma sensação parecida com essa. Quando eu resolvi me deitar com o único propósito de fazer a viagem. Eu senti que eu saio do meu corpo, mas não enxergava nada. NADA mesmo. e ouvia umas vozes de agonia, desespero, ás vezes pareciam orações, também. e eu sabia que não estava sozinha. Mas como era minha primeira experiência, eu entrei em desespero. Chamei por ajuda (guia espiritual) mas eu não sei como chamá-los então não adiantou nada. Eu voltei pro meu corpo e saí de novo e estava do mesmo jeito, tudo escuro e eu resolvi voltar novamente. Depois disso fiquei meio receosa.

Elias Jose disse...

Mas eu gostaria de saber o porque de ver um vulto qual o real siginifado pra isso???....

O porque

Elias Jose disse...

Mas eu gostaria de saber o porque de ver um vulto qual o real siginifado pra isso???....

O porque

! Projeção Astral e Sonhos ! disse...

Elias, a gente tem um costume de sempre ficar se perguntado ''qual o significado disso, porque isso, porque aquilo etc...'', estamos sempre tentando achar um motivo/razão/significado que seja extraordinário e especial para nossas experiências, mas algumas vezes esse significado todo não existe. Certamente, o vulto era apenas algum espírito que estava no ambiente no momento em que eu estava saindo do corpo, e ao me deparar com ele tive medo pois não estou acostumado, apenas isso... O espírito tava lá de boa, o tempo todo e eu apenas o vi porque saí em corpo astral, APENAS isso.

Postar um comentário